O SINASEFE realizou em 27 de fevereiro de 2021 a sua 166ª PLENA. O fórum, que aconteceu pela quarta vez de maneira virtual em virtude da pandemia de COVID-19, teve a participação de 79 sindicalizados (63 delegados, 11 membros da Direção Nacional e 5 observadores) de 40 seções sindicais.

Deliberações

  1. Em função do avanço da hora, a 166ª PLENA decidiu por discutir e votar as propostas dos pontos mais divergentes, como a) Greve; b) Comando Nacional de Greve; c) Lockdown; e d) Questão específica do Sinasefe IFBA; remetendo as demais propostas apresentadas à Direção Nacional (DN), que constituirá uma comissão para fazer a sistematização e publicação dos encaminhamentos.
  2. A 166ª PLENA ratifica a deliberação da Greve Sanitária contra o retorno ao trabalho presencial.
  3. A 166ª PLENA indica o dia 24 de março como Dia Nacional de Greve Geral dos Servidores Públicos do Brasil; e orienta que as seções sindicais convoquem assembleias para discutir essa greve.
  4. A 166ª PLENA cria o Comando Nacional de Mobilização e Greve Contra o Trabalho Presencial ou Híbrido.
  5. A 166ª PLENA se afirma em defesa de um lockdown nacional, de acordo com a recomendação dos cientistas, por tempo suficiente para salvar as vidas, permitir a recuperação do Sistema Único de Saúde (SUS) e com as condições objetivas para que as pessoas e as pequenas empresas possam se manter pelo período que seja necessário.
  6. A 166ª PLENA orienta o Sinasefe IFBA a realizar uma assembleia para discutir como irá resolver sua questão específica; caso isso não ocorra, o sindicalizado que julgar que existe erro, pode realizar uma denúncia por escrito ao Conselho de Ética do SINASEFE.

Via/ SINASEFE Nacional