O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, esteve em Dourados nesta segunda-feira (08/03) para inaugurar, acompanhado de outras autoridades, a Unidade da Mulher e da Criança no Hospital Universitário da UFGD.

O Ministro foi recebido com um protesto organizado pelas entidades representativas da UFGD: ADUF Durados, SINTEF, DCE UFGD e APG UFGD e apoio por outras entidades, pelo Comitê de Defesa Popular e pelo Movimento de Mulheres.

A pauta principal da recepção ao ministro foi o repúdio à continuidade da intervenção na UFGD que, no último mês, teve um novo reitor interino nomeado pelo Governo Federal. Além disso, cruzes e cartazes foram levados para o local em protesto pelo descaso do governo com a gestão da crise sanitária da pandemia, que já vitimou mais de 260 mil brasileiros.

A unidade hospitalar da Mulher e da Criança, inaugurada hoje de forma “simbólica” pelo Dia Internacional da Mulher, não tem previsão para começar a funcionar. De forma irônica, o ato da inauguração é um reflexo do projeto político desastroso do governo que tem destruído empregos, renda e serviços públicos.

Foto: Aduf Dourados.